Basquete e Geografia… Pode? [continuação]

Após analisar os nomes dos times da costa leste do Estados Unidos, voltemos agora nossas atenções aos times da costa oeste:

twolves Minnesota Timberwolves: os lobos cinzentos das regiões frias do norte do país, o estado é o único com mais de 48 matilhas de lobos livres.
grizzlies Memphis Grizzlies: a franquia veio de Vancouver, região de ursos cinzentos.
hornets New Orleans Hornets: A franquia nasceu em Charlotte em 1987 e se mudou para New Orleans em 2002. A origem do nome remete à Guerra da Independência, quando o General britânico Charles Cornwallis escreveu um relatório ao Rei da Inglaterra dizendo que o local da batalha era como um ninho de vespas (hornets).
rockets Houston Rockets: uma vez que a cidade é uma área de lançamento dos foguetes da Nasa não existe nome mais apropriado!
spurs San Antonio Spurs: Nas planícies centrais do sul do país, terra dos “cowboys” o nome relacionado à bota e esporas têm tudo a ver.
mavs Dallas Mavericks: ainda nas planícies centrais, também ao sul, os cavalos selvagens, belíssimos e indomáveis. Bonito, não?
Em direção a costa oeste, próximo as Montanhas Rochosas…
jazz Utah Jazz: Originária da terra do Jazz, New Orleans, a franquia decidiu manter seu nome ao mudar-se para Utah.
nuggets Denver Nuggets: a corrida do ouro, a busca pelas pepitas (nuggets) deste mineral valioso e raro.
thunder Oklahoma City Thunder: nome escolhido por votação dos moradores da cidade. A franquia veio de Seattle, cujo nome Seattle Supersonics rendia homenagem à Boeing, famosa fabricante de jatos da cidade.
suns Phoenix Suns: Este nome é bárbaro! A fênix é um pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Podendo se transformar em uma ave de fogo. Que nome melhor para colocar em uma cidade construída no meio do deserto? Como não levar esta historia para o nome do time? Sobreviver no deserto? Só mesmo uma ave que pode se transformar em fogo.
A maioria dos times da costa oeste apresenta nomes que foram escolhidos pelos torcedores e estão relacionados a “reis”, “guerreiros” ou ainda:
clippers Los Angeles Clippers: Clippers era um navio muito usado no século 19, sendo a cidade perto do mar, recebeu o nome, que continua até hoje.
kings Sacramento Kings: originalmente chamados de Rochester Royals, ao se mudarem para Kansas City, alteraram o nome (sem perder a majestade) para Kings pois já havia um time de beisebol chamado Royals.
lakers Los Angeles Lakers: a franquia nasceu em Minneapolis, a “Terra dos 10.000 Lagos”
blazers Portland Trail Blazers: Tem o logo representando cinco atletas de um lado e cinco de outro e, levando ao pé da letra, tem a ver com “colocar fogo na trilha” e neste trecho do litoral americano ainda existem muitas áreas despovoadas e grandes reservas naturais.
warriors Golden State Warriors: Em 1946, quando ganhou o direito a ter uma franquia, a cidade de Philadelphia resolveu pegar o nome de um antigo time de basquete da cidade, os Warriors de 1925.

Nem tudo é Geografia, mas tudo é paixão: por um time, por sua cidade, por um esporte, por cinema, por vencer ou simplesmente lutar e pelo país. Última lição da NBA  e dos norte americanos para todos nós: amor pelo país e por tudo que ele representa.

Espero tê-los ajudado de alguma forma…

Texto de Regina Mara (professora de Geografia), com pequenas contribuições de Fábio Gondo

Basquete e Geografia… Pode?

Encontrei com alguns alunos que me disseram que, por mais que tivessem pensado, não viam relação entre a Geografia e o basquete. Vamos lá então…espero que isso possa ajudá-los a aprender mais detalhes a respeito desta potência que é o berço do basquete.

NBA_Conferences_Divisions

Fonte: http://3.bp.blogspot.com/_Q1XsKy3jINc/SwQhYYkHxhI/AAAAAAAAASo/JOYd27QMFeQ/s1600/NBA_Conferences_Divisions%2B.jpg

A ligação está nos nomes dos times, que em sua maioria trazem uma característica super importante, de muito destaque mesmo, da cidade e da região onde se localizam. São aspectos geográficos (econômicos, culturais, físicos) que trazem a “identidade” que querem dar ao time que os representará diante do mundo, que tornará a cidade conhecida… isso é que é marketing!

Para começar, uma vez que os EUA representam a maior democracia da atualidade, nada melhor para justificar que, na grande maioria dos casos, a escolha dos nomes dos times ficou por conta da votação dos torcedores e nos casos onde isto não ocorreu, como por exemplo, do Los Angeles Lakers cujo nome vem de uma franquia (esta teve início em Minneapolis, a “Terra dos 10.000 Lagos” e ficou com o nome em Los Angeles, pois já vinha dando certo e gerando lucros, então, por que mudar?), aí está um outro importante aspecto dos EUA, o país símbolo do capitalismo: às vezes vale a pena sacrificar a cultura e outros características em nome do lucro.

Bom, vamos lá para umas dicas de cidades, economia, cultura e basquete nos “states”…

celtics Boston Celtics: Fácil. O início da colonização nos EUA se deu com a ocupação da região nordeste. Em Boston se concentraram principalmente os imigrantes irlandeses, ingleses e escoceses, estes por sua vez descendentes dos antigos celtas.
knicks New York Knicks: Quase a mesma coisa, só que Nova York foi fundada por descendentes de holandeses e estes usavam na época um tipo de calça chamada de “Knickerbockers”, e depois com o tempo foi diminuído apenas para Knicks e antes era um termo usado para tudo que se referisse a Nova York. Hoje não mais, com exceção do time, claro!
nets New Jersey Nets: originária de Nova York, a franquia foi chamada New York Nets para rimar com os nomes de outros times profissionais da cidade: New York Mets (beisebol) e New York Jets (futebol americano). Além disso, net (rede) faz parte da cesta (aro + redinha).
76ers Philadelphia 76ers: ainda continuando na costa leste e ligando com características da época da colonização o nome do time é uma alusão à assinatura da Declaração de Independência dos EUA na cidade, em 1776.
wizards Washington Wizards: Originalmente, a franquia chamava-se Washington Bullets (bullet = bala de arma de fogo). Mas, preocupado com o alto índice de violência em Washington nos anos 90, o dono do time resolveu mudar o nome da franquia. Por meio de votação, entre as opções Dragons, Express, Stallions, Sea Dogs e Wizards, venceu este último.
pistons Detroit Pistons: Para quem não sabe, a cidade de Detroit é a capital mundial do automóvel e o “pistão” (que é uma peça que está ligada ao virabrequim no motor de um carro… você não acha que eu sabia isso, certo? Tenho minhas fontes.)
cavs Cleveland Cavaliers: teve seu nome escolhido por meio de votação dos leitores do jornal The Plain Dealer.
pacers Indiana Pacers: É uma referência à tradição de competições automotivas de Indianópolis, casa da famosa 500 milhas de Indianópolis.
bobcats Charlotte Bobcats: Fica em uma área onde existem os “tigres selvagens” no país. A caça é permitida em determinada época do ano.
hawks Atlanta Hawks: A franquia nasceu sob o nome de Tri-Cities Blackhawks em 1946. Tri-cities porque pertencia a três cidades vizinhas: Moline, Rock Island e Davenport. O nome Blackhawks remete à guerra de Black Hawk. Black Hawk (ou Gavião Negro) foi o líder de uma tribo de nativos americanos.
heat Miami Heat: O clima quente da região diz tudo, concordam?
magic Orlando Magic: Simples…a terra da Disney, da magia. Aqui uma curiosidade: Walt Disney sempre fez questão que a palavra “magia” aparecesse em toda propaganda de seus produtos. Ele sabia o que fazia, concordam?
Saindo da costa leste e indo mais para o centro, área das grandes planícies e região de pecuária, mineração e animais selvagens e livres no passado e atualmente da engenharia aeroespacial. Perceba isso nos nomes:
bulls Chicago Bulls: área de pecuária leiteira e de corte e os “touros” são personagens vitais em todo este contexto, assim como responsáveis por imensas fortunas na região.
bucks Milwaukee Bucks: Com a tradição de caça do estado do Wisconsin, o nome Bucks (um tipo de cervo) foi escolhido em um concurso.
raptors Toronto Raptors: Não poderia terminar sem citar uma curiosidade: O Toronto Raptors é o único time fora dos EUA. Uma empresa de marketing fez uma grande pesquisa no Canadá, em 1994, para descobrir o melhor nome. O filme Jurassic Park encantou o mundo um ano antes, Raptors eram populares na época e daí o nome! Pode?

No próximo post, iremos analisar os nomes dos times da costa oeste. Aguardem!

Texto de Regina Mara (professora de Geografia), com pequenas contribuições de Fábio Gondo