Raio X com Carlos Alberto De Simone

O Raio X desse mês é com o Professor De Simone uma lenda viva do handebol nacional.

1. Nome: Carlos Alberto De Simone

2. Disciplina que leciona no Band: Educação Física

3. Esportes que praticou e pratica: Handebol e Futebol de Campo. Até os 16 anos joguei os dois, no futebol fiz um teste no Corinthians e passei. Em 1981, ia ser reserva do Vladimir, porém minha mãe não me deixou aceitar. Nessa época, com 17 anos, já jogava na seleção brasileira de handebol e íamos disputar um mundial na Itália. Dá pra ver que escolhi o handebol por livre e espontânea pressão, mas não me arrependo; fui muito feliz na carreira. Quanto a títulos, vamos falar só do adulto: 2 vezes campeão paulista, 8 vezes campeão brasileiro de seleções, campeão sul americano de clube e seleção, vice campeão pan-americano de seleção, uma participação em mundial e ficou uma lacuna, não ter participado da Olimpíada de Barcelona, pois tinha operado meu joelho.
Entre muitas emoções, duas grandes marcaram: o Hino nacional do Brasil em nossa estréia no mundial contra a Tchecoslováquia, e o gol do título sul americano de clubes no Pinheiros. O jogo estava acabando e tudo indicava prorrogação, o River Plate estava no ataque e tinham chance de marcar e ganhar o jogo, faltando cerca de 20s eles foram pro arremesso e aí apostei todas as minhas fichas no XEXA nosso goleiro, saí pro contra-ataque antes do arremesso na certeza que ele iria defender e me lançar. Não deu outra, bola na minha mão sem ângulo, com o goleiro saindo e um jogador me marcando, mas fui mais eu,”Caixa”, Pinheiros Campeão Sul americano pela 1.a vez. Infelizmente não temos gravado só quem esteve lá viu.

4. Ídolo no esporte: Pelé, pela qualidade técnica e física, por ter sabido parar, pelo que representou aos negros, e por mostrar ao mundo que o esporte é uma das coisas mais valorizadas no mundo. Não é à toa que ele foi eleito atleta do século.

5. O esporte é… Determinação, concentração e mais vontade de ganhar que os outros. 100% das vezes é a sua vida, o dia que não puder ser assim chegou a hora de parar, foi assim comigo.


Seleção brasileira de 1987 – 1.a participação do Brasil em mundiais.

Basketball Adulto Masculino é campeão da Liga

Band: campeões da Liga Escolar

Da esquerda p/ direita,
Em pé: Fernando, Dutra, Thiago, Junior, Tiago, Godoi e Kremer.
Ajoelhados: Mauro, Edu, César, Fábio, Alan e Matheus.

A equipe adulta do Bandeirantes (funcionários e ex-alunos) sagrou-se campeã invicta da Liga de Basketball nesta 5.a feira, 24 de fevereiro, ao derrotar o Colégio Santo Américo por 67 a 58. O jogo aconteceu no Colégio Bandeirantes e contou com a presença de alguns alunos e pais na torcida.

Parabéns aos atletas e técnicos: Fernando, Dutra, Thiaguinho, Junior, Thiago Horvath, Godoi, Henrique Kremer, Mauro, Edu, Cesinha, Mauro Aguiar de Menezes, Fabio Gondo, Alan, Matheus, Lebensold e Henrique Ho.

Brincando de conhecer

Entrar numa nova escola é sempre um desafio para os alunos. Com tantas novidades e situações desconhecidas, é comum a sensação de deslocamento e insegurança nesse novo ambiente. Pensando nisso, a equipe de Educação Física do Bandeirantes desenvolveu uma atividade para integrar os novos alunos do sexto e do sétimo ano.

Na sexta-feira que antecedeu o reinício das aulas, as novas turmas vieram ao colégio para participar do Caça Band, uma caça ao tesouro que se espalha pelos laboratórios, quadras, cantina e outros ambientes muito frequentados pelos alunos.

Durante a brincadeira, os estudantes não apenas familiarizam-se com os espaços em que passarão boa parte do ano, mas também fazem os primeiros contatos com professores e bedéis e conhecem seus novos colegas de classe e futuros amigos. Quando as aulas começam, todo mundo já se sente parte do colégio.

“Valeu a pena participar, porque deu pra conhecer tudo brincando”, disse o aluno Nicolas Ruzon Birrer, do sexto ano, comprovando que não importa quem chega em primeiro lugar, pois todo mundo sai ganhando no Caça Band.

Veja as fotos do Caça Band aqui.